Fundação Ana Pereira lança primeira edição do concurso vox juvenis

Por: Laércia Valeriana Insali

A Fundação Ana Pereira em parceria com FNUAP, realizou esta quinta-feira 21/04/2022 o lançamento do concurso Vox Juvenis sobre direitos humanos, especialmente de jovens meninas e mulheres entre Abril e Junho do ano em curso.

Durante a cerimónia do anúncio da abertura, presidente da fundação Maimuna Gomes Sila, referiu que o propósito desta iniciativa visa contribuir para a sensibilização, promoção do empoderamento e participação dos jovens adolescentes pertencentes a região de Gabu, Bafatá e SAB, a fim de serem protagonistas da sua emancipação e lutar contra todas as formas de violências, discriminação e estigmas associados a menstruação.

Ainda na sua comunicação, Gomes Sila encorajou a participação de jovens meninas e meninas de até 25 anos de idades, sem contar com nível de escolaridade, residentes nas localidades acima referidas, sendo zonas escolhidas para intervenção do projeto, que são principais vítimas de práticas nefastas nomeadamente casamentos infantis e gravidez na adolescência.

De realçar que, o projeto conta com três fases sendo a primeira, seleção de 600 jovens (200 para cada uma das três regiões, 50% meninas e 50% rapazes) através de perguntas e respostas ligadas a direitos humanos, a segunda fase serão selecionados 60 vencedores (20 para cada localidade de intervenção) e na terceira será realização de trabalhos escritos pelos 60 jovens vencedores, relativos a temáticas referidas, na qual os vencedores beneficiarão de um smartphone e curso técnico profissional para munir-lhes de ferramentas uteis que irão ajudar na implementação dos seus projetos.

Sila declarou ainda que apos a realização do concurso vai-se realizar em Bissau, a mesa redonda da juventude, da qual sairá uma declaração de compromisso da juventude com as estratégias de combate ao casamento infantil, gravidez na adolescência e violência baseada no género. Salientar que a Fundação Ana Pereira foi fundado em 2018, atua especialmente no domínio da advocacia e promoção dos direitos humanos das meninas e mulheres.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: