FOSCAO apela diálogo entre a CEDEAO e as novas autoridades malianas

Por:Cintia Ross Dayves

Forum de Sociedade Civil de Africa Ocidental (FOSCAO): Apela á manutenção de canais de diálogo entre a CEDEAO, as autoridades de transição e a sociedade civil para soluções pacificas.

Gueri Lopes falava, esta terça feira 25-01-2022, em conferência de imprensa realizada na casa dos dereitos.

O FOSCAO convida as autoridades de transição nomeadamente em Mali a propor um periodo de transição razoável e aceitável,com uma melhor explicação do conteúdo da transição tendo em conta as profundas aspirações e expectativas do povo maliano.

Ainda recomenda que seja dada ênfase ao acompanhamento do povo maliano no seu processo de refundação,favorecendo a via do diálogo para a revisão do calendário proposto pelas autoridades malianas com vista a chegar a uma solução concertadaapropruada inclusiva e pacífica.

Por outro lado FOSCAO incentiva a CEDEAO a rever a natureza extrema e desproporcionada das sanções que correm o risco de acentuar o sofrimento das populações ja duramente atingidas pelas crises sanitarias,de segurança e económicas que abalam o país ,as sanções,tal como estão só irão degradar ainda mais a situação ja precária das populações do mali em todos os aspectos e acentuar o sentimento anti CEDEAO que parece estar a emergir entre os povos da África Ocidental.

FOSCAO recorda que a vulnerabilidade económica é o terreno fértil para o terrorismo na região ,as actuais sanções só empobrecerão ainda mais a população do mali em geral,e as mulheres e os jovens em particular populações empobrecidas cujas condições de vida ja são deploráveis apenas as empurrarão para os braços dos recrutadores terroristas e dos recrutadores de migração irregular.

O FOSCAO apela á comissão da CEDEAO e a conferência de chefes de estado e de Governo para que estabeleçam uma verdadeira cultura de democracia e boa governação nos estados membros da região da África Ocidental,a fim de por termo á propensão para manipular constituições na busca de mais de dois (2) mandatos o que constitui um terreno fértil para golpes militares na região.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: