Fill the nutrient Gap: PAM manifesta sua preocupação com problemas de desnutrição e fome no país

Por: Laércia Valeriana Insali

Programa alimentar mundial, PAM, realizou esta quarta-feira 06/04/2022 seminário de alto nível de apresentação dos resultados do estudo mitigar a falta de nutrientes ” Fill the nutrient Gap”.

O representante do PAM no país, Papa Fal, realçou a necessidade de relançar um debate neste momento de luta pela erradicação da fome, dado que as projeções para daqui a 2050 são desencorajadoras, porque o cenário atual é muito preocupante tendo em conta o aumento dos preços dos alimentos e combustíveis têm aumentado desde início do conflito entre a Ucrânia e Rússia, a castanha de caju apresenta riscos no que toca a deterioração dos meios de subsistência devido a perda de rendimento, sendo que a economia do país depende fortemente da sua exportação.

Por outro lado, Papa Fal, afirma a existência de oportunidades para aumentar a disponibilidade de alimentos nutritivos no país.

” existem oportunidades para aumentar a disponibilidade de alimentos nutritivos desde a diversificação na produção, desenvolver a indústria pescaria, reforçar a soberania alimentar através da melhoria dos rendimentos das culturas e reduzir as dependências das importações de arroz” afirmou

Por sua vez, secretário geral do ministério da saúde pública, Quiletche Na Isna, considera que o sistema sanitário do país depara com vários problemas em particular, problemas nutricionais causados pela deficiência de acesso a melhores condições de sobrevivência, ou seja, que a questão da segurança alimentar está a assombrar principalmente nas regiões e com consequências graves, para isso, disse que é importante reconhecer o nível de carência de vida que a população enfrenta.

Segundo ele, tendo em conta o elevado índice de desnutrição nas crianças em algumas regiões, MINSAP está empenhado na melhoria de condições de assistência médica a todos com ajuda da atualização de mapa sanitário
.

” estamos empenhados em melhor condições de assistência médica a todos, por isso, queremos atualizar o mapa sanitário a fim de rever as categorias dos centros de saúde de forma a que correspondem a novo contexto demográfico, devido a elevado índice desnutrição nas crianças ” referiu

Por último, espera que os trabalhos feitos durante o atelier sirvam de instrumentos importantes para identificação das principais causas da desnutrição e não só, que sirvam de guias orientadoras para redução de problemas nutricionais.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: