Ensino e Educação: INAFOR através do projeto PAIFJ debate problemáticas do setor de ensino e formação técnico profissional

Por: Aissatu Sanha

O Instituto Nacional de formação técnica e profissional(INAFOR) procedeu esta terça-feira 17/01/2023 o atelier de apresentação e reflexão sobre referenciais de formação profissionais, num dos hotéis do Capital.

A formação vem na sequência da implementação do Projeto de Apoio ao Empoderamento e Inclusão Financeira de Mulheres e Jovens(PAIFJ).

Em representação ao Coordenador do projeto, Braima Mané, disse que o setor de ensino e formação técnico profissional depara com falta de infraestruturas, qualificação dos professores e entre outros, nesta senda, o Governo para fazer face a este problemática solicitou o apoio do Banco Africano de Desenvolvimento para apoiar o projeto.

“Uma das missões do projeto de apoio ao empoderamento e inclusão financeira de Mulheres e Jovens é a capacitação das dinâmicas produtivas para qualificação dos jovens para o mercado, neste âmbito selecionamos INAFOR sendo uma instituição do Governo responsável pela definição e implementação da política em matéria do ensino e formação técnica profissional”

Mané, enunciou que outra missão do INAFOR é de formar 75 jovens essencialmente meninas, e estes poderão mais tarde apresentar planos de negócios que provavelmente serão financiados, apelando ainda aos participantes que debatem seriamente para que possam sair com um documento qualificado que vai permiti-los criar um capital humano competitivo com vista a participar no desenvolvimento económico e social da Guiné-Bissau.

Em nome do INAFOR, Felismino Vaz, proferiu que o Instituto dar-se-á assistência técnica ao projeto no âmbito da revisão curricular e da formação profissional nos setores industriais e de pequenos ofícios das quais, o empreendedorismo e desenvolvimento de planos de negócios para 75 jovens nas qual os estagiários terão um plano de negócio financiável.

Para implementação do projeto, os resultados da convenção segundo Vaz são a revisão curricular com assistência da INAFOR; módulos de formação na área desenvolvida; planeada a realização de atividades de formação a submeter ao projeto para sua validação; metodologia ou proposta técnica para implementação de treinamento para validação do projeto; formação profissionais nos setores industriais e pequenos comércios; empreendedorismo implementado e planos de negócios dos 75 jovens desenvolvidos e consequente financiamento destes.

Ainda disse que através do projeto pretendem dar formações em matéria de Empreendedorismo, Frio, Canalização, Panificação e Corte- Costura.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: