Encerrou hoje o projeto de campanha de revisão da Agenda BEIJING+25

DE: Laercia Valeriana Insali

A Rede Nacional de Jovens Mulheres Líderes da Guiné-Bissau, em parceria com o Ministério da Mulher, Família e Solidariedade Social, realizaram esta sexta-feira 04/06/2021 um Workshop com tomadores de decisão no que diz respeito a aplicabilidade da Lei de paridade e sincronicamente o encerramento do projeto de revisão da Agenda BEIJING+25.

Durante o encontro, os participantes organizaram uma sessão plenária sobre conquistas e constrangimentos na aplicabilidade da Lei de paridade, facilitada pela Silvina Tavares, presidente da Plataforma Política das Mulheres.

No ato de encerramento das atividades, a presidente da RENAJELF-GB manifestou sua gratidão com as pessoas que acompanharam implementação do Projeto “Agenda Beijing+25”, que é um Projeto com metas tangíveis de advocacia, lobby e sensibilização em relação aos direitos iguais pela educação inclusiva, saúde e proteção.

Para Fatumata Sané, a desigualdade de género é um problema social que atinge todas as etnias, religiões e classes sociais.
Posto isto, espera que haja justiça de género em açoes de cada um, e ainda afirma que a justiça de género é denunciar a desigualdade de poder entre homem e mulher no trabalho, denunciar o assédio sexual no trabalho, na escola, na rua e em outros lugares.

Sané, relembra ao Estado da Guine-Bissau que a Lei da paridade uma vez aprovada e assinada não deve ser engavetada, precisa ser cumprida com todo o rigor necessário.

Em representação da Ministra da Mulher, Família e Solidariedade Social, Ângela Évora, falou da importância da inclusão das mulheres na esfera política, uma vez que na Guiné-Bissau nota-se pouca participação das mulheres na tomada de decisão, e sua participação no parlamento.

No entanto, recomenda ao Supremo Tribunal de Justiça, já que aproximam as eleições legislativas para os cargos de deputados da Assembleia Nacional Popular, que tomasse em conta o que consta na Lei de paridade.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: