Empresa Americana Studebaker Defense Group tenciona apoiar Guine-bissau na aérea da defesa e segurança

Por:Martinho Mendes

A propósito o primeiro-ministro Nuno Gomes Nabiam, reuniu-se esta quarta-feira, 11-08-2021, com grupo norte americano que, mostrou a sua abertura em apoiar o país na aérea da defesa e segurança e vários outros sectores.

A saída do encontro, o representante da empresa Studebaker defense Group Glenn William Hill Júnior, considerou de positivo o encontro mantido com as autoridades governamentais e promete o investimento em vários domínios no país.

De acordo com William, o seu grupo pretende ainda ajudar a Guiné-Bissau na fiscalização marítima na zona costeira exclusiva e o combate ao narcotráfico.

compreendemos que a Guiné-Bissau é um país estratégico que se depara com alguns problemas relacionadas ao narcotráfico, segurança marítima e nas fronteiras que precisa de ser apoiados. refere

Por outro lado, o representante afirmou que, a sua organização pretende ajudar solucionar problemas nas aéreas de defesa e segurança guineense.

De salientar que o Studebaker Defence Intelligence é bem versada em operações e formação de inteligência. Com foco em soluções de Sistemas, Inteligência Humana e Financeira que incluem recolha e análise de informações, vigilância e operações secretas, influência e contra-influência, narcoterrorismo, contra-terrorismo e insurreição.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: