Eleições nos EUA: Donald Trump em maus lençois

As notícias da frente não são boas para o Presidente Donald Trump. A vitória de Joe Biden foi ainda mais acentuada com os dois últimos resultados das eleições presidenciais na Geórgia e na Carolina do Norte na sexta-feira, que caíram na depressão democrática. Joe Biden lidera com 306 eleitores contra 232 para Donald Trump, a mesma pontuação que este último tinha obtido em 2016 contra Hillary Clinton. Mas em vez de admitir a sua derrota como o seu rival democrata há quatro anos atrás, o 45º presidente americano afunda-se na negação, falando de fraude sem provas.

LEIA AINDA MAIS:

Até então categórico, Donald Trump parecia bastante hesitante na sexta-feira numa intervenção qualificada como um semi-reconhecimento da sua derrota: “Esta administração não fará nenhum confinamento”, Donald Trump começou por ocasião de uma actualização na Casa Branca sobre o progresso da vacina contra o coronavírus. “O que quer que aconteça no futuro, quem sabe, que administração vai ser, acho que o tempo dirá, mas posso dizer-vos que esta administração não terá contenção”, disse ele com uma cara tensa.

Joe Biden está também à frente de Donald Trump no voto popular com 5,3 milhões de votos de antecedência, com 78 milhões. Em 2016, a democrata Hillary Clinton tinha vencido o seu rival por 2,9 milhões de votos, mas Donald Trump ganhou 306 votos, um resultado que ele chamou na altura de uma histórica “onda gigantesca”.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x