Economia: zona UEMOA vive Inflação ao seu mais alto nível de ultimo 3 anos

Por: Martinho Mendes

Depois de uma taxa de 3,5% em Julho e Agosto de 2021, a taxa de inflação na UEMOA subiu para 4,3% no final de Setembro de 2021, segundo dados do Banco Central dos Estados da África Ocidental (BCEAO). Este é o seu nível mais alto em mais de três anos.

De acordo com a instituição, a aceleração do ritmo dos aumentos de preços deve-se principalmente à componente “Alimentação”, cuja contribuição para a inflação total aumentou 0,8 pontos percentuais em relação ao mês anterior. O aumento da componente alimentar, que contribuiu com 3,4 pontos percentuais para a inflação global, deveu-se ao aumento dos preços das frutas e legumes, tubérculos e plátanos, e produtos cerealíferos na maioria dos países da UE.

Por país, a Costa do Marfim terá registado a mais alta taxa de inflação mensal (+5,2), também o seu nível mais alto desde pelo menos 2019 na Guiné Bissau essa taxa se situa ao nivel de 4.8 de acordo com tradingeconomics, numa altura em que o país regista aumento e escassez de alguns produtos da primeira necessidade.

com/financialafrik

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: