DSP vedado de Chefiar a Missão de Observação das eleições em São Tomé

Por: Laércia Valeriana Insali

A Informação consta numa nota publicada esta quinta-feira 02/09/2021 pelo Ex-chefe do Governo Guineense, para tornar ao público as ações empreendidas pelas autoridades nacionais sobre a sua nomeação para Dirigir a Missão de Observação da segunda volta das eleições em São Tomé e Príncipe.

Domingos Simões Pereira, explicou que no passado dia 24 do mês de Agosto recebeu uma notificação de Convite de um Alto Responsável da Organização da União Africana, para a referida missão. Segundo ele, no pedido o Responsável sublinhou que a ocorrência trata de um princípio observado pela UA, de envolver Antigos Chefes do Governo em Missões desse Género.

Com tudo ja quando estava tudo opostos para a referida missão, na passada Sexta-feira, Simões Pereira relatou que a Organização recebeu uma nota onde indicava que as autoridades Guineense mandou suspender a sua designação para Chefiar a Missão, e logo de imediato a UA decidiu anular o convite.

Desapontado com a posição, convoca ainda para amanhã as 10horas, um encontro numa das salas do Hotel Tivoli Oriente.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: