Diretor-geral do IBAP: “Nos últimos anos houve uma perda acelerada da Biodiversidade”

O Diretor-geral do Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas (IBAP), Justino Biai afirmou esta terça-feira 24 de Novembro de 2020 a situação da Biodiversidade da Guiné-Bissau não defere muito da situação global uma vez que, no país, durante os anos houve uma perda acelerada de biodiversidade originada pela ação do homem.

Justino Biai falava no ato de lançamento do Sexto Relatório nacional da Convenção da Diversidade Biológica que teve lugar nas instalações do Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas, Dr Alfredo Simão da Silva IBAP em Bissau.

” É verdade que o ser humano precisa de se alimentar, vestir e demais necessidades e muitas vezes para atender estas necessidades ele recorre ao estracão de elementos da biodiversidade por exemplo a agricultura itinerante que cada ano tem destruído o nosso habitat” Lamenta.

Mesa que presidio relatorio nacional

Aos jornalistas, Justino Biai afirmou que a habitat tem estado a ser destruído com grande intensidade, tendo afirmado que ” as mudanças climáticas, pesca ilícita e alteração de solo tem também contribuam para a devastação da biodiversidade”.

Para inverter a tendência Justino Biai, defende uma maior harmonização e equilíbrio entre os diferentes setores importantes na vida económica e social analisando os possíveis impactos e como pode ser minimizado.

” Como sabem, a economia guineense tanto ao nível micro e macro depende muito dos produtos da biodiversidade, não temos industria e nem fábricas daí que dependemos muito da biodiversidade do solo e do mar”. Disse para de seguida defender que é preciso um desenvolvimento equilibrado e sustentável que permita os setores funcionarem de forma concertada.

Ao presidir a cerimónia de abertura, Lourenço Vaz, em representação do Ministro do Ambiente sublinhou que o governo está empenhado em criar um ambiente favorável para o apropriamento e uso ao nível nacional dos recursos biológicos visando particularmente o reforço das capacidades e fortalecimento de sistemas de informação bem como a comunicação para a mudança de comportamento com vista a melhorar das práticas na gestão dos recursos disponíveis.

Lourenço Vaz

O sexto relatório hoje apresentado, seja um sucesso e que contribua para alcançar os objectivos nacionais no que concerne a matéria do desenvolvimento durável.

De acordo com Lourenço Vaz o relatório apresentado fornece informações que, pela sua avaliação e eficácia vai permitir ter um olhar diferente sobre os obstáculos e necessidades científicas técnicas conexas que visam atingir o desenvolvimento desejado.

Saliente-se que a convenção sobre biodiversidade biológica de 2015 traçou como metas até a ano 2020, a integração da biodiversidade em diferentes setores da vida humana, 10 porcento da superfície marinha seja enquadrada na área protegida o que foi conseguido e também 17 por cento da superfície terrestre que segundo maioria dos países não conseguiram atingir.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x