Aministrador Jurídico da ARN nega interferência externa para forjar despesas não declaradas.

O Administrador Jurídico da Autoridade Reguladora Nacional das Tecnologias de Informação e Comunicação considerou de ” falsas ” as denúncias do Presidente do Sindicato de Base dos Trabalhadores da Instituição regulador da comunicação guineense em como haver ” pressão externa forjando a atual direção comprar viatura e fazer despesas não declaradas.”

Esta quinta-feira 09 de Setembro de 2020, numa conferência de imprensa realizada numa das salas da instituição, em Bissau. Armando Tchoba dos Santos Pereira para além de negar tais alegações garante não haver dívidas salariais com os funcionários. Tendo considerado que as referidas denúncias é ” uma tentativa de projecção pessoal da imagem do presidente do sindicato de base dos trabalhadores.”

De acordo com Tchoba dos Santos o Conselho Administrativo dispensou três viaturas de marca (JEEP) para ajudar nos trabalhos de locomoção da comissão interministerial de combate e prevenção ao coronavirus no país. Anunciando que já receberam orientação que brevemente as mesmas viaturas serão devolvidas.

Na passada terça-feira 08 de Setembro de 2020 o Presidente do Sindicato de Base dos Trabalhares da ARN Fernando Tchuda denunciou numa conferência de imprensa a que considera de interferência externa para forjar a atual direção fazer despesas não declaradas.

Entretanto, Armando Tchoba dos Santos Pereira diz estranhar o comportamento de Fernando Tchuda uma vez que segundo ele, horas antes da conferência de imprensa tiveram uma conversa telefónica com intuito redefinir estratégias da instituição.

Em relação a pedidos de enquadramento e estágios também denunciado pelo presidente do sindicato de base, Tchoba dos Santos considera-o de normal uma vez que os mesmos só vão ingressar a ARN mediante um concurso público. Tendo afirmado que no momento a ARN não está em condições de fazer novos recrutamentos.    

Em relação a redução do pessoal também denunciado pelo Presidente do Sindicato de Base, o Administrador Jurídico disse a diminuição visava respeitar as medidas de distanciamento físico estabelecidas pelo governo prevenindo assim do novo coronavirus. Contudo, afirma que neste momento os mesmos já estão integrados.

saliente-se que a Autoridade Reguladora Nacional de Tecnologias de Informação e Comunicação conta atualmente com cerca de 62 funcionários.    

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x