Diplomacia: Novos embaixadores asseguram cooperar para a estabilização do pais

Cinco novos embaixadores entregaram esta Quinta-feira 22/10/2020, credenciais de acreditação ao Presidente da República

Trata-se de embaixadores da Grã Bretanha, Reino dos Paises Baixos, Tailândia, Áustria e Estado de Israel todos com residencias em Dacar.


A embaixadora dos Países Baixos, Joan Wiegman, Guiné-Bissau e os Países Baixos partilham um destino intimamente ligado à água.
Esta água, que faz fronteira com os 350 quilómetros cobertos pela costa guineense, é um bem considerável que está apenas à espera de ser verdadeiramente explorado e está na origem da extraordinária biodiversidade que caracteriza a Guiné Bissau e cuja proteção é um grande imperativo.

Segundo a embaixadora, para a realização deste objetivo, os Países Baixos financiaram recentemente um projeto destinado a sensibilizar o público para as aves migratórias e a preservação do seu habitat. Que de acordo com o seu compromisso contínuo na defesa dos direitos humanos e na proteção dos mais vulneráveis, o governo holandês também tomou a iniciativa de financiar um abrigo para crianças vítimas de abuso.


Embaixadora da Austria

Na mesma ocasião , a embaixadora da Áustria na Guiné-Bissau, Gerlinde Paschinger, falou que a solidariedade é um dos elementos importantes numa relação internacional, regional e bilateral.
Áustria ira continuar a cooperar com todos seus parceiros, para reforçar a paz e estabilidade economica-social,duravel nesta região.


Para o embaixador do Reino da Tailândia, a Guiné-Bissau e a Tailândia conta com uma longa relação de amizade que data de mais de tres decadas.


Nilton Petchpomprapas, disse que os dois países Têm uma grande relação e cooperação que devem ser exploradas, especialmente nas áreas da agricultura e conhecimentos técnicos. E na sua qualidade de embaixador da Tailândia, promete trabalhar para o sucesso deste projeto e no crescimento de nossos laços de amizade existente entre os dois países.


A saida do encontro, o embaixador do Israel, Rosenblit, afirmou que a Guiné e Israel têm uma similitude, Guiné Bissau é um país pequeno em dimensão, assim como Israel, no mediterrâneo, e nesse contexto, os dois países podem desenvolver junto em muitas aspetos e desenvolver uma cooperação nos domínios da agricultura, ajudando no processo da irrigação, permitindo atividades agrícolas, nas épocas chuva e seca.

Estou feliz por aqui estar hoje sou embaixador da israel para a Guiné-Bissau, com sede em Dacar em representação deste país tambem,uma honra encontrar me hoje com presidente Sissoco Embaló, para apresentar minhas cartas de acreditação,minha primeira vinda a Bissau, confesso,mas nao é o inicio da relação entre Guine-Bissau e Israel, e tambem nao primeira relação entre presidente Embaló e presidente de meu país, porque o presidente me afirmou que esteve em Israel varias vezes, e a primeira vez que visitou Israel data de há 25 anos, portanto ele guarda uma relação e memoria pessoal de Israel.

Falei com o presidente varios temas nomeadamente a cooperação, agricultura irrigação, saúde e outros dominios que podemos propostar para cooperação, visto que vosso país é muito rico em diversos recursos.

Acho que podemos desenvolver uma cooperação nos dominis da agricultura, ajudando no processo da irrigação, permintindo atividades agricolas, nas epocas chuva e seca.

Guiné tem caju israel pode ajudar e trabalhando juntos no processamento de caju para aumentar o valor da exportação, e estou contente em aqui estar, ja cá estou ha dois dias, aprendendo muito com este maravilhoso país.
Esta é primeira visita mas nao será a ultima concerteza. Rematou

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x