DG GIABA: ” PR Sissoco reiterou sua disponibilidade no combate a branqueamento de capital e crime organizado transnacional.

O Director-Geral do Grupo intergovernamental de ação contra o branqueamento de capitais em África Ocidental (GIABA), Kimelabalou Aba afirmou esta quinta-feira 21 de Janeiro de 2021, que o Presidente da República Umaro Sissoco Embaló manifestou a sua total disponibilidade em lutar contra o branqueamento de capitais e crimes organizados transnacionais.

” Depois deste encontro com o presidente da república, ele nos reiterou a sua disponibilidade em lutar contra o branqueamento de capitais e de crimes organizados transnacionais, por isso estamos contentes por este engajamento do alto nível ” Disse

Kimelabalou Aba falava a imprensa no palácio da república, em Bissau, depois da audiência com o chefe de Estado Guineense Umaro Sissoco Embaló.

Na ocasião, o Director-geral da instituição comunitária, disse ter informado ao presidente Embaló sobre as etapas da avaliação mútua da Guiné-Bissau e os desafios da mesma para com o país.

” Esta avaliação mútua é um processo que visa observar se o Estado da Guiné-Bissau está a respeitar as normas criadas para luta contra o branqueamento de capital ” Disse acrescentando que ” os peritos vão observar as fraquezas que o país tem e depois formular algumas recomendações.”

De acordo com Kimelabalou Aba, a referida avaliação se divida em dois componentes, o primeiro está ligado aos textos legislativos que o país dispõe para luta contra o fenómino e, o segundo ligado a eficácia onde os peritos vão avaliar os efeitos das medidas estabelecidas na luta contra o branqueamento de capital e do financiamento do terrorismo.

” O relatório que vai ser adotado e apresentado na sessão plenária do GIABA agendados entre Novembro e Dezembro próximo, será como um espelho da Guiné-Bissau, porque vai mostra a força do país na luta contra o branqueamento de capitais e crime organizado transnacional”. Disse para de seguida afirmar que o desafio maior é que ” os financiador e os investidores vão avaliar o relatório para no futuro poder ajudar e investir no país”

O Grupo Intergovernamental de Acção contra o Branqueamento de capitais em África (GIABA), foi criado pela Autoridade dos Chefes de Estados e Governos da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), no ano 2000 e é uma instituição especializada responsável pela prevenção e controlo do Branqueamento de Capitais e Financiamento do Terrorismo na Região Oeste Africana.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

Ligue-nos

Share on Social Media
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x