COVID19 conselho Nacional das Mulheres da Guiné : preocupado com repercussões do Covid-19 na vida das mulheres

O conselho Nacional das Mulheres da Guiné-Bissau, manifestou esta quarta-feira 09/09/2020, sua inquietação sobre repercussões negativas que o estado de emergência tem feito na vida dos cidadãos em particular mulheres.

urgente adotar medidas corretivas que vão inverter o espiral de violência contra mulheres e meninas tanto quanto a inclusão de gênero e proteção dos direitos das mulheres na estratégia nacional de combate ao Covid-19.

CNM-GB

A preocupação assegurada hoje numa conferência de imprensa sobre os assuntos do interesse social e econômico do país, o aumento da violência baseada no gênero sobretudo no estado de emergência e a proliferação discursos ligado a imagem das mulheres nas redes sociais. Informando que a pandemia do Coronavírus levou os direitos das mulheres e meninas a uma maior degradação, referindo o registo de casos de casamento Infantil, diferentes tipos de violências, consequência futuras do encerramento das escolas, disfuncionamento das casas de proteção de acolhimento dos casos de violência baseada no gênero e outros tipos de violência contra mulheres e meninas.

Assim sendo, é urgente adotar medidas corretivas que vão inverter o espiral de violência contra mulheres e meninas tanto quanto a inclusão de gênero e proteção dos direitos das mulheres na estratégia nacional de combate ao Covid-19.

O Conselho Nacional das Mulheres, exortam ao governo, criação de um fundo específico para as mulheres, cujas atividades econômicas, foram afetadas pelas medidas de prevenção contra o covid-19.

Criação de instituição pública de acolhimento as vítimas de violência e de práticas nefastas baseada no gênero, abertura de inquéritos urgentes e transparentes, com vista a identificação e punição dos autores morais e materiais dos casos de violência doméstica e abusos sexuais, ocorridos durante o período do Estado de emergência.

Adoção das medidas legislativas com vista a criminalização de discursos de violência e ódio étnico, político, tribal e religioso nas redes sociais e institucionalização de um prêmio Nacional pelo Ministério da Mulher, destinados a pessoas que lutaram para o abandono da violência baseada no gênero, singular ou coletiva.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x