COVID-19:Fundação Gulbenkian apoia à Guiné-Bissau

A Fundação Gulbenkian vai enviar material para reforçar a capacidade de diagnóstico e fazer face à pandemia Covid-19 na Guiné-Bissau.
A ajuda deverá chegar hoje e amanhã, em voos humanitários.


O material enviado consiste em reagentes e consumíveis laboratoriais para diagnóstico por PCR-RT, para o Laboratório Nacional de Saúde Pública da Guiné-Bissau, e equipamento clínico e para a lavandaria do Hospital Pediátrico S. José, em Bôr.

Este apoio insere-se nas iniciativas do Programa Gulbenkian Parcerias para o Desenvolvimento (PGPD) para ajudar a mitigar os efeitos da pandemia nos PALOP. O material deverá chegar ao país hoje e amanhã, em dois de quatro voos de ajuda humanitária que, no total, transportam 45 toneladas para a Guiné-Bissau.

Ainda este mês, no próximo voo, será enviado material para a reabilitação da unidade de produção de oxigénio medicinal do hospital de Cumura, que acolhe grande parte dos pacientes atualmente diagnosticados com Covid-19. Este apoio vai permitir a produção de quatro garrafas de oxigénio de 50L a cada 8 horas, a partir de agosto, e permitirá ceder oxigénio às unidades de cuidados aos pacientes com Covid-19 em três instituições sociais e públicas.

A reabilitação desta unidade, atualmente inoperacional, acontece em parceria com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e vem complementar outros apoios dados pela Fundação Gulbenkian e a Cooperação Portuguesa o apoio no início deste ano, para a reabilitação desta central de distribuição, que corria o risco de parar por falta de manutenção.

O total deste apoio à Guiné-Bissau tem o valor global de 90 mil euros.

​Em abril deste ano, o IGC e o PGPD apoiaram o Laboratório Nacional de Saúde Pública deste país com material de diagnóstico e reagentes que permitiram a realização de até 1000 testes à Covid-19.​

De forma a mitigar os efeitos da pandemia por Covid-19 na Guiné Bissau, a Fundação Calouste Gulbenkian tem apoiado frequentemente o país apoios em diversos conteúds lembrar que a fundaçao enviou no dia 28 de abril material de diagnóstico e de proteção.

A parceria da Fundação Calouste Gulbenkian com a Guiné-Bissau foi selada há mais de 50 anos e abrange as áreas da saúde e da educação, bem como o reforço das ONGD.

Capgb / Sara Ramos DC

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x