Covid-19 veio acentuar a pandemia econômica que já existia no país

Conselho das Mulheres realizaram hoje 17de Setembro de 2020 uma Conferência de imprensa onde manifestaram as preocupações das mulheres sobre o impacto do COVID-19 na atividade econômica das Mulheres.

Conselheira na área econômica das mulheres Munira Jauad Ribeiro disse que Covid-19 veio acentuar a pandemia econômica que já existia no país que todos nós já conhecemos. Por isso queremos destacar alguns aspectos mais cadentes desta crise vis a vis da Mulher.

  • -Dificuldades de escoamento das mercadorias e produtos nas diferentes regiões para Bissau e vice versa

  • Inflação dos preços dos transportes e de mercadorias de primeira necessidade;

  • Redução de poder de compra e consequente empobrecimento de famílias guineenses devido as consequências diretas das medidas de prevenção do Covid-19;

  • Uso desproporcional da força contra as mulheres que insistem vender os seus produtos para sustentar as suas respetivas Famílias;

  • Confisco das mercadorias das mulheres pelos agentes da Polícia municipal;

  • A população em Geral e a Mulher Específicamente Continua a não Aceitar está Pandemia como um mal para a vida;

Após uma análise cuidadosa das situações acima identificadas, o Conselho das Mulheres decide, exortar e recomendar ao governo, à sociedade civil, aos parceiros bilaterais e multilaterais o seguinte:

  • Conceder fundos a título de doação que permita á mulher realizar atividades que lhe rendam algum proveito sem grandes riscos;
  • Solicitação através do Banco Central de fundos para fazer face aos efeitos provocados pela pandemia;
  • Recomendar ao governo a aderir às políticas e medidas que estão a ser tomadas à nível da CEDEAO, da CPLP e Bretton wood em relação ao género e que as mulheres guineenses sejam contempladas com pacotes concretos de suporte ao período pandémico e posterior;

Recomendamos à Guiné-Bissau dizer Não à feminizacão da pobreza.

“O mundo deve corrigir entender qua a Mulher sem rótulo de feminismo, merecemos oportunidades como os nossos irmãos porque quando a mulher se detém o mundo despluma”.

Não esqueçamos das declarações corajosas das mulheres guineenses de que preferem morrer da COVID-19 de que ver os seus filhos morrer de fome. Uma alerta muito forte.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x