Covid-19: Preocupações e especulações sobre a vacina AstraZeneca

Os mercados financeiros foram abalados na segunda-feira pela suspensão preventiva da vacina Covid-19 da AstraZeneca pela França, Alemanha e Itália após a ocorrência de acontecimentos adversos graves, mesmo fatais, em algumas das pessoas vacinadas. A nível mundial, nove países suspenderam a utilização da vacina.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) emitirá na quinta-feira um parecer sobre a utilização desta vacina, que está actualmente a ser analisada após a ocorrência de 30 casos de trombose em 5 milhões de europeus vacinados.

Enquanto a sua investigação está em curso, a EMA continua a considerar que os benefícios da vacina AstraZeneca na prevenção da COVID-19, com o risco associado de hospitalização e morte, superam os riscos de efeitos secundários.

No domingo, AstraZeneca tranquilizou numa declaração: “Uma revisão cuidadosa de todos os dados de segurança disponíveis de mais de 17 milhões de pessoas vacinadas na União Europeia e no Reino Unido com a vacina COVID-19 da AstraZeneca não mostrou provas de um risco acrescido de embolia pulmonar, trombose venosa profunda ou trombocitopenia, independentemente do grupo etário, sexo, lote ou país.

A EMA tinha concedido autorização condicional de comercialização em 29 de Janeiro para a vacina COVID-19 da AstraZeneca

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: