Covid-19: Guiné-Bissau regista recorde de contágio e de óbitos desde o início da pandemia

Por: Epifania Correia Gomes

Alta comissaria para covid-19 na Guine-Bissau Magda Robalo, lamentou durante atualização semanal do boletim epidemiológica esta segunda-feira, 16.08.2021, que Guine-Bissau bateu Record em termos dos óbito desde o início da pandemia no País com 335 novo casos positivos.


“ o vírus continua a circular de uma forma acelerada e continuamos a transmitir infeção e ter pessoas de riscos a serem internadas nos hospitais já em estado muito grave com poucas possibilidade de recuperar.


A terceira vaga na Guiné Bissau esta a ser pior do que as duas últimas vagas porque chegamos a taxa de produtividade média semanal de 15% e isso significa uma velocidade de circulação de vírus bastante elevada e começamos a ter duplicação da taxa de produtividade sendo um dos indicadores que utilizamos para dizer que a situação está ficar pior do que antes”

Para ela as pessoas que ficam mais infetadas são Jovens, porque têm maior parte das vezes casos a sintomáticos têm menos preocupação em relação ao doença sobretudo esquecem que têm em casa os mais velhos.


Por outro lado convida as pessoas a se testarem para conhecerem as suas situações e poderem evitar de contaminar as outras pessoas. Temos 190 voluntários nas ruas de Bissau para sensibilizar as pessoas, foram montados 2 postos de comunicação fixa e aumentamos postos de vacinação.


Ainda Magda disse que o consumo de oxigénio aumentou drasticamente no pais e é um problema serio. “não temos uma fábrica de oxigénio que seja robusto, temos várias fábricas que estavam em diferentes fases de mau funcionamento que foram reparados voltaram a ter problemas de funcionamento e neste momento temos hospital de Cumura, Simão Mendes e Clinica Madrugada a fornecer oxigénio para complementar o oxigénio importado do Senegal.


As pessoas devem acreditar que a vacina é bom, seguro e eficaz e preveni que apanhe doença duma forma grave, e nesse altura a Guiné Bissau conseguiu garantir a vacina preciso, para a vacinação de 60% da sua população e só falta que as pessoa se vacinem.

De acordo com Magada Robalo, foram analisadas 2.208 novas amostras das quais 11 óbito, 335 positivos, 214 recuperados e 335 ativo e destes ativos 29 estão hospitalizados.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: