Covid-19: casos diminuem no país

Por: Epifania Correia Gomes

A atualização do  boletim epidemiológico semanal sobre a evolução da doença no país divulgada esta segunda-feira, 27-09-2021, pelo secretario do alto comissariado de luta contra covid-19 entre os dias 20 a 26 na Guiné-Bissau.
 
De acordo com Plácido Cardoso, o país registou na ultima semana 22 caso positivos, 56 recuperaram da doença e 5 mortes.

O medico disse que, com estes dados a Guiné-Bissau registou a redução de 2,0 por cento da taxa de positividade contrariamente da semana passada onde foram registadas 4 porcento da taxa de positividade.

O Governo prolongou,  ontem domingo  estado de calamidade até 10 de Outubro devido à pandemia de Covid-19. No decreto, o executivo explica que, apesar de nos últimos dias ter havido uma diminuição do número de novos casos e mortes diárias, a “taxa de positividade” constitui ainda “motivo de preocupação, assim como o número de doentes internados”.

Ao nível de internamento está acima de 50% da capacidade nacional, o que coloca o país “numa situação de rutura iminente, razão pela qual ainda se revela necessário assegurar a redução da propagação do vírus para um nível controlável, sob pena da situação se descontrolar a qualquer momento”, lê-se no decreto.

Mantém-se, assim, o uso obrigatório de máscara nas ruas, em espaços fechados de acesso público, transportes coletivos de passageiros, escolas e mercados.

O documento recorda, ainda, que certificados de vacinação não substituem os certificados de teste, que continuam a ser exigidos para entrar ou sair do país.
O governo recomenda também aos serviços públicos e privados a dispensar funcionários ou trabalhadores não essenciais, “salvaguardando o seu vínculo laboral e todos os direitos inerentes”.
A Guiné-Bissau registou mais de 6.103 casos da covid-19, 135 vítimas mortais e 5.290 casos recuperados.
   
 
 
 

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x