Covid-19: 12 mil vacinas AstraZeneca já chegaram a Guiné-Bissau.

O governo da Guiné-Bissau recebeu esta segunda-feira 22 de Março de 2021, através do grupo Sul-Africano MTN doze mil vacinas AstraZeneca em parceria com a União Africana.

As doze mil vacinas AstraZeneca irá garantir a vacinação de 20 por cento da população guineense, para atingir os 70 por cento a que se propõe

No ato da entrega que teve lugar no aeroporto internacional de Bissau, a Alta Comissária para a Covid-19 Magda Nely Robalo disse que com receção das vacinas a Guiné-Bissau poderá iniciar na primeira semana de Abril com as vacinas.

” Vai se fazer formação ainda esta semana e nos pensamos poder ainda na primeira semana de Abril fazer as primeiras vacinações ” Disse acrescentando que ” É uma vacina que tradicionalmente é diferente da vacinação que se costuma fazer nós fazemos as crianças e as mulheres grávidas e agora vamos vacinar adultos por isso que estamos a trabalhar para perceber as fontes de resistência e os pontos onde nós devemos sensibilizar melhor e, assim aumentar as chances de criar imunidades ” afirmou

O objetivo continental é de minimizar pelo menos 60 por cento da população Africana e a Guiné-Bissau já recebeu 56 mil siringas, através da UNICEF e está previsto a receber 120 mil doses de vacina AstraZeneca até ao final de Maio de 2021.

Magda Nely Robalo sublinha que as vacinas são ” seguras e eficazes ” e pode contribuir no impacto da pandemia no país.

” Para a vacina ter impacto que queremos é preciso que 70 por cento da população de risco seja vacinada porque é uma vacina segura, e eficaz e que pode contribuir no impacto da pandemia da Covid-19 ” Notou

Instada a pronunciar sobre as 20 mil doses de vacinas doadas por Senegal, Magda Nely Robalo disse que espera-se a confirmação e promulgação por parte da Organização Mundial de Saúde para a sua utilização.

Saliente-se que no ato, esteve também o vice-primeiro-ministro Soares Sambú, Ministra dos Negócios estrangeiros cooperação internacional, Suzi Carla Barbosa, Ministro da Saúde Pública, António Deuna representante da empresa MTN e União Africana na Guiné-Bissau.

A Guiné-Bissau regista mais de três mil e quinhentos casos positivos ativos da Covid-19 causando mais de cinquenta mortes.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x