Costa do Marfim: Ouattara e Gbagbo fazem as pazes “para fazer avançar a Costa do Marfim e trazer BEM”

Após dez anos de inimizade, o ex-presidente Laurent Gbagbo e o seu sucessor Alassane Ouattara reuniram-se na tarde de terça-feira 27 de Julho no palácio presidencial da Costa do Marfim.

O Palácio da Presidência da Costa do Marfim em Abidjan experimentou de facto uma atmosfera bastante especial este 27 de Julho, no final da tarde. Como anunciado na quarta-feira 21 de Julho pelo porta-voz do governo, o Presidente Alassane Ouattara e o seu antecessor Laurent Gbagbo encontraram-se de facto. Os dois líderes quebraram assim o muro de gelo que foi erguido entre eles após a violenta crise pós-eleitoral de 2010. Uma crise que resultou na detenção de Laurent Gbagbo e na sua transferência para o Tribunal Penal Internacional (TPI), que finalmente o absolveu em Março passado, após uma década de procedimentos legais.

A libertação dos prisioneiros políticos e militares da crise pós-eleitoral 2010-2021 e a reconciliação nacional inclusiva “para permitir à Costa do Marfim avançar” são, entre outros, os temas discutidos pelos dois homens.

Uma reunião “fraternal

“Estou feliz por vos ver. É nestes termos que Alassane Ouattara acolheu o seu antecessor após calorosos abraços entre os dois homens que não se viam há dez anos. Após uma hora de trocas “fraternas” durante a qual Laurent Gbagbo desejava que “o Presidente Alassane fizesse um gesto para libertar os presos políticos e militares da crise”, os dois homens que afirmam “uma amizade de longa data” concordaram em reunir-se novamente para trabalharem em conjunto para que a Costa do Marfim possa lamentar a crise “para seguir em frente”.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x