Conselho de Estado aconselha presidente Sissoco a não dissolver o parlamento

O porta-voz do dos membros de Conselho do Estado, órgão consultivo não vinculativo do Presidente da República da Guiné-Bissau, Braima Camará afirmou no princípio da tarde desta quinta-feira 17 de Dezembro 2020, que ” unanimamente ” aconselharam o chefe de Estado guineense a ” não dissolver o parlamento”

” De forma unânime congratulamos com a estratégia do presidente em buscar soluções por via de diálogo inclusivo, mas também, de forma unânime concluímos que não há nada que possa por em causa o regular funcionamento das instituições do Estado”

Braima Camará

Braima Camará, falava a imprensa depois de mais de 2 horas da reunião do Conselho do Estado que teve lugar no Palácio da República, em Bissau.

Umaro Sissoco Embaló iniciou esta manhã as consultas com a audiências separadas com o presidente do parlamento e primeiro vice-presidente do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), e de mais partidos com assento parlamentar, nomeadamente Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G15), Partido da Renovação Social (PRS), Assembleia do Povo Unido Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), Partido da Nova Democracia (PND).

As auscultações acontecem depois de o orçamento geral do Estado ter sido submetido a plenaria e aprovado pelos 54 deputados presentes no parlamento guineense.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

Ligue-nos

Share on Social Media
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x