Comité Nacional de Voluntários da Guiné-Bissau vão iniciar campanha de sensibilização que visa desalentar migração irregular a nível nacional

DE: Laercia Valeriana Insali

O Comité nacional de voluntários da Guiné-Bissau em parceria com Organização Internacional para Migração, realizaram esta segunda-feira 21/06/2021 a formação para a campanha de informação e sensibilização sobre migração irregular a nível nacional.

A campanha será feita nas Regiões de Bafatá, Gabu, Oio, Cacheu, SAB e Biombo durante meses de junho e julho de 2021.

Durante a formação, o presidente do Comité Nacional de voluntários da Guiné-Bissau, Agostinho cá, Falou dos trabalhos que o Comité tem feito com os seus parceiros na sensibilização e formação para a redução de migração ilegal. E isso demonstra que o Comitê tem dado resultados positivos através das instalações de estrutura de voluntários a nível regional.

Em representação da Chefe de Missão da OIM na Guiné-Bissau, David Lamine Fati, considera que é uma situação que carece de muita atenção, por outro lado, difundiu que a campanha visa formar a população em geral sobre os riscos que os jovens enfrentam, e informa-los das normas regulares para uma migração legal.

Preocupada com a problemática, a representante do Secretário de Estado de Juventude e Desporto, Cadija Cassamá, falou das consequências que a migração irregular traz na vida de uma pessoa, inclusive perda de vida e prejuízos para a família.

Portanto, em nome do governo, garante que trabalhar-se-ão em parceria com a OIM e CNV para redução de prática ilegal de migração.

De recordar que, ontem dia 20/06 foi celebrado o dia Mundial dos Refugiados, para relembrar as vitimas de perseguição que foram forçados a sair da sua região para outra.

O Dia Mundial dos Refugiados foi proclamado através da Resolução 55/76 adotada na Assembleia Geral das Nações Unidas de 4 de dezembro de 2000.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: