Comercio: lançamento oficial do projeto melhoria a competitividade da fileira de manga

Ministério do Comércio e Indústria e ONUDI procedem hoje o lançamento oficial do projeto melhoria a competitividade da fileira de manga

Ministro do Comércio e Indústria e a organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, procederam esta quarta-feira, 16 de dezembro de 2020, num dos hotéis de Bissau, o lançamento oficial do projeto melhoria a competitividade da fileira de manga na Guiné-Bissau a produção, transformação local e apoio a exportação.

Falando no ato de lançamento o Ministro do Comércio e Indústria, Artur Sanhá, considera a Guiné-Bissau como país pequeno mas que possuí uma potencial enorme para a produção agrícola.

Disse ainda que é imperativo estabelecer iniciativas e estratégias complementares que permitam uma produção e colheita de qualidade e construção de infraestruturas que facilitam escoamento dos produtos do campo para centro de transformação ao mercado comercial.

O titular da pasta do Comércio e Indústria afirma que governo continua a trabalhar para o relançamento e privilegiando a produção agrícola por forma a reduzir dependência de importação dos bens alimentares básicos e proporcionar condições de vida das populações principalmente os mais necessitados.

Para Chefe de cooperação delegação da União Europeia na Guiné-Bissau, Simora Schlede, disse o projeto visa contribuir para o reforço da competitividade da Guiné-Bissau e a sua integração no sistema de comércio regional e Internacional, tendo como objetivo a melhoria do desempenho da fileira da manga no país e a promoção no seu crescimento estimulando a contribuição da indústria local, a criação emprego bem como ao melhoramento de clima de negócio através da integração das políticas regionais em prol da competitividade nas políticas nacionais.

Aida Simora, a Guiné-Bissau despõe recursos naturais excecionais e benefício de condições climáticas de solos úmidos que são pouco explorado, o caso da manga fruta tropical poe excelência que tem potencial comercial e de grande inclusão socioeconómico.

De salientar que o projeto é financiado pela União Europeia cerca de 4 milhões de euros implantado pela unida que abrange sector da mango tendo como beneficiários do projeto nesta primeira fase a região de Cacheu, Oio e Bafatá com duração de três anos e dez meses.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x