China pretende fechar um dos maiores acordo de livre comércio do mundo.

Aprovação pode prejudicar empresas dos EUA e outras multinacionais, principalmente após Trump ter abandonado um possível acordo separado com a Ásia-Pacífico.

Mais de 14 países da Ásia-Pacífico, que incluem a China, estão prestes a fechar o maior acordo de livre comércio do mundo. O que seria a conclusão da busca do governo de Pequim por uma maior integração econômica com a região, que responde por quase 35% do PIB global.

A Parceria Econômica Regional Abrangente (RCEP na sigla em inglês), que inclui países como Austrália, Nova Zelândia e Japão visa reduzir tarifas e codificar novas regulamentações de comércio eletrônico.

Sua aprovação pode prejudicar algumas empresas dos Estados Unidos e outras multinacionais que estiverem fora da zona, principalmente após o presidente Donald Trump ter abandonado as negociações sobre um acordo comercial separado com a Ásia-Pacífico, anteriormente chamado Parceria Trans-pacífico.

“Se os EUA continuarem a ignorar ou intimidar os países da região, o pêndulo de influência oscilará em direção à China”, disse Reinsch. “Se Biden tiver um plano confiável para restaurar a presença e influência dos EUA na região, o pêndulo pode voltar em nossa direção.”

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x