Caso Mercado Central: Empresa Xcalibur diz que é “fraude” concurso público realizado para gestão do local

Por: Ussumane Baldé

Bissau,03/01/2023- A empresa Xcalibur Company Sarl um dos sete empresas concorrentes a gerência do mercado central acusa CMB de violar gravemente o procedimento do concurso público como manda a lei.

Falando em conferência de imprensa, o Diretor Administrativo e Financeiro da referida empresa, Edwilson Cabral Da Luz Lopes teceu duras críticas a câmara municipal de Bissau de forma como atribui a empresa Diallo Petro Services como vencedor sem respeitar os procedimentos exigidos na lei do concurso público.

“Da nossa parte, realizamos um estudo na qual constatamos muita irregularidades no processo, aliás, não houve concurso público o que aconteceu foi simples um processo a favorecer uma empresa que acham o único competente” afirmou

Ainda a referida empresa pondera usar mecanismos junto do Supremo Tribunal de Justiça para invalidação da atribuição do mercado central a empresa Diallo Petro Services por não reunir mínimas condições, por outro lado defende que mercado central deve ser priorizado aos feirantes em causa no incêndio em 2005.

De lembrar que no passado dia 26 de Dezembro 2022, o Presidente da República Umaro Sissoco Embaló inaugurou o mercado Central e desde então surgiu vozes contra a decisão da Câmara Municipal de Bissau à atribuição do mercado nacional para empresa Diallo Petro Services.

A CAP-GB soube ainda, hoje, que o processo de distribuição dos lugares dentro do mercado iniciou, isto perante uma vaga de contestações dos ex-ocupantes.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: