Caso CNE: Mediações de Cipriano Cassama um “fracasso” a decisão volta ao comandante supremo

Por: Ussumane Baldé

Bissau 21/12/2022

O presidente da ANP afirmou que o caso da Comissão Nacional de Eleições está totalmente encerrado e que remeteu ao presidente da república o relatório em que diz não conseguir convencer as partes na obtenção de uma saída ao imbróglio.

Afirmação do líder do parlamento guineense foi ouvida a saída do encontro com o chefe do Estado Umaro Sissoco Embaló, na presidência da República, na qual disse entregar os relatórios das auscultações que efetuou junto aos partidos políticos representados na assembleia Nacional popular face a composição da nova comissão nacional de eleições onde não houve consenso entre eles.

” Já entreguei ao Presidente da República o relatório de auscultação dos partidos com assento parlamentar sobre a saida na composição da nova comissão nacional de eleições mas infelizmente não houve consensos o presidente garantiu-me que o caso está encerrado” arrematou Cassamá

De recordar que, no passado dia 19 de Dezembro do ano em curso, o Presidente da Assembleia Nacional Popular recebeu em audiência no seu gabinete de trabalho, o Primeiro-Ministro Nuno Gomes Nabiam, Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Pedro Sambu e por fim com a comissão permanente que no decorrer o segundo partido mais votado nas últimas legislativas,MADEM-G15 abandonou o trabalho alegando irregularidade justificando como motivo a forma como outros partidos querem a composição da nova comissão nacional de eleições.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: