“Cabral ka murrí”: Associação portuguesa Cavaleiros São Brás relembra e homenageia Amílcar Cabral  

A Associação Cavaleiros São Brás promove um encontro no domingo, 22, na sua sede em Amadora, para relembrar e homenagear Amílcar Cabral e marcar a data dos 50 anos da sua morte, 20 de Janeiro de 1973.

De acordo com a associação, o encontro, sob o lema “Cabral ka murrí” (Cabral não morreu, em português), irá decorrer das 15:00 às 18:00, contando com sessão de documentário, roda de conversa e apresentação sobre a temática “O 25 de Abril começou em África”.

“Aqui vão estar amigos e parceiros que nos têm acompanhando nas várias conversas e temas que já abordámos na comunidade e que têm um forte contributo nas lutas actuais”, explicou a organização.

De acordo com a Associação Cavaleiros São Brás, a anteceder o evento, estará disponível uma banca de parceiros com livros sobre a história de Amílcar Cabral, na sede da associação, a partir das 12:00.

A organização também convida para uma sessão de poesia em formato “open mic”, (microfone aberto) para que quer e pode dar o seu contributo.

Na sexta-feira, 20, assinala-se o Dia dos Heróis Nacionais, data que também marca o assassinato de Amílcar Cabral, fundador do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), a 20 de Janeiro de 1973, depois de uma luta armada iniciada em 1962 contra o colonialismo português.

Em Cabo Verde, para além de várias outras actividades promovidas por diferentes organizações, haverá uma cerimónia pública presidida pelo Presidente da República, José Maria Neves.

CAP-GB/Inforpress

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: