Brigadeiro general Albertinho Cuma diz que militares devem apostar na manutenção da paz e estabilidade no país

Por: Ussumane Baldé

O hospital militar Sino-guineense reconheceu esta quarta-feira 11-05-2022 com certificado de mérito, quarenta e quatro (44) enfermeiros/as alusivo a comemoração do dia internacional de enfermagem que se celebra amanhã 12 de Maio.

A comissão organizadora da comemoração do dia internacional de enfermagem/saúde que celebra 12/05 em todo mundo, decidiu reconhecer os antigos militares e enfermeiros/as por trabalho feito durante a luta de libertação nacional, facto que o chefe da divisão central da educação cívica moral e patriotico da EMGFA, Brigadeiro General Albertinho Cuma considera de justa e apelou os militares guinnenses sobretudo os enfermeiros/as para pautarem na estabilização do país e recomenda obediência a cadeia de comando.

Para o diretor geral do hospital, Tenente Coronel Médico Ramalho Cunda, disse que a data que se celebra amanhã (12/05) deve ser dia da reflexão para todos os enfermeiros/as do mundo em especial os que desempenham papel nos diferentes centros hospitalares do país.

“Com trabalho que desempenhamos na salvação das vidas, amanhã é mais um de dia de reflexão, de pensarmos próximos passos enquanto defensores da humanidade”.

12 de Maio foi escolhido para homenagear a inglesa nascida em Itália, Florence Nightingale considerada mãe da enfermagem moderna.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: