Boa governação: Ruanda lidera a África (ranking)

O Índice Chandler Good Government Index (CGGI), que classifica 104 países em termos de capacidade e desempenho governamental, foi lançado a 26 de Abril de 2021 em Singapura. De acordo com esta classificação baseada em mais de 50 fontes de dados, a Finlândia é o principal país do mundo em termos de governação. O índice centra-se em sete pilares, nomeadamente, liderança e previsão; robustez das leis e políticas públicas, força das instituições, gestão financeira, atractividade do mercado, influência e reputação global. O índice utiliza uma metodologia rigorosa desenvolvida em consulta com profissionais do governo, executivos, peritos em índices e investigadores em governação.

Um top 20 que não inclui nenhum país africano.

O top 20 é dominado pela Europa e América, com excepção da Austrália e Japão. Atrás da Finlândia, Suíça (2ª) e Singapura (3ª) completam o pódio. Segundo Richard F. Chandler, fundador do Instituto Chandler de Governação, “Países bem governados atraem capital e talento, o que fomenta a inovação no mercado, conduzindo a empresas fortes e economias vibrantes. Isto, por sua vez, permite um maior investimento em serviços públicos, criando um círculo virtuoso.

O primeiro africano nesta classificação é o Ruanda, 53º classificado, seguido pelo Botswana (56º), Marrocos (61º), África do Sul (70º), Senegal (71º), Gana (72º), Egipto (73º), Tunísia (75º), Namíbia (76ª), Quénia (81ª), Tanzânia (83ª), Uganda (84ª), Malawi (90ª), Etiópia (93ª), Argélia (94ª), Zâmbia (95ª), Burkina Faso (96ª), Madagáscar (98ª), Mali (100ª) O ranking é encerrado por um país latino-americano, neste caso, a Venezuela.

De referir que a a Guiné-Bissau incluindo outros 4 paises da PALOP nao entraram na lista dos paises avaliados pela Chandler Good Government Index, destaca-se a posição numero um do Senegal na sub-região.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: