“Atual Guiné-Bissau não corresponde a expectativas dos Combatentes” DSP

Por: Laércia Valeriana Insali

O Presidente do Partido Africano para Independência da Guiné e Cabo-Verde, proferiu esta sexta-feira 24/09/2021 que a Guiné-Bissau almejado pelos Combatentes da Liberdade de Pátria não tem nada a ver com a atual.

Domingos Simões Pereira falava durante o seu discurso alusivo a dia da Independência da Guiné-Bissau, na página oficial do PAIGC.

” Guiné-Bissau de Hoje não a que foi Sonhado, não é a Guiné que corresponde sonhos dos Combatentes da Liberdade de Pátria e no programa maior de PAIGC”. declamou

Líder do dos Libertadores assegura que o país vive um “vázio”e “anarquia total” devido Fragilidade na governação.

Inteirado do adiamento das celebrações da festa de Independência para dia 16 de Novembro que dia das Forças Armadas, Simões Pereira alega que é uma forma de tentar desviar atenção do povo para justificar o desvio de dinheiro do Cofre de Estado e despesas das viagens sobretudo da participação na 76° Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque.

” Os Militares têm e merecem uma grande celebração, mas não em detrimento de escolas, hospitais e infraestruturas”. comentou

Por outro lado, anunciou que devido a pandemia de Covid-19, nos últimos 15 a 20 meses o país mobilizou junto da UEMOA, CEDEAO e FMI um total de cerca 150 milhões de dólares, mas continua a ter um colapso no Setor de Saúde e Educação.
Posto isto, Líder do PAIGC questionou “se com este valor recebido o país continua em decadência, como será no momento de restituição”.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x