Assistentes Socias: Nova Direção da Associação assegura minimizar problemas enfrentados

Por: Aissato Sanha

A associação guineense dos assistentes sociais empossou esta quinta-feira 5/01/2023 a nova direção executiva da associação eleita no passado dia 17/12/2022 através da realização da segunda lei geral ordinária.

O Presidente eleito recém-empossado Ussumane Embalo, disse no seu discurso que não compromete propor soluções para que todos os propósitos que dizem respeito aos assistentes sociais sejam atingidos absolutamente mas, assegurou que é possível minimizar drasticamente os problemas que enfrentado pela classe no seu campo de atuação.

Por sua vez, reconheceu os problemas sociais de várias naturezas que a população é obrigado a conviver e a lidar em suas casas e em suas comunidades no entanto, acredita que devem ser acrescidas as responsabilidades dos assistentes sociais na luta e na prestação dos seus serviços à população mais necessitadas e desfavoráveis.

“A prova disso, na Guiné-Bissau pessoas carenciadas, vulneráveis e em situação de riscos vivem sem dignidade, segurança e autonomia e estes factos são severos, intensos e duradouras que acabam prejudicando lentamente sua saúde e vida de modo geral”

O vice-Presidente da mesa da assembleia cessante, Tcherno Mamadu Abibo Djalo, deixou algumas sugestões para a nova direção executiva entre eles disseminar o conceito e as metodologias de intervenção do serviço social em diferentes áreas sociais , contribuir para a melhoria dos serviços básicos do andamento nas instituições através dos mecanismos da assistência a população vulnerável, defender os direitos e deveres dos assistentes sociais dentro do quadro legal do código de ética deontológica da profissão e manter a cooperação e colaboração efetiva com o governo e demais parceiros de desenvolvimento no país e no exterior.

Abibo apelou a direção executiva recém eleita que saiba criar as condições mínimas que visam essencialmente congregar as opiniões e pontos de vista de todos os assistentes sociais no país num único espaço do diálogo livre e inclusivo.

Salientar que e a associação guineense dos assistentes sociais, foi criada em 2019 por assistentes sociais em Guiné-Bissau, tendo realizado a sua primeira Assembleia constituinte no dia 12/04/2019.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: