Apesar das vacinas nota-se a subida drástica dos casos da covid-19 no mundo

Nas últimas semanas planeta registou mais de cinco milhões dos casos da infeção, 83 mil óbitos pela doença.

Na África, os dados revelam que, nos últimos sete dias o continente registou mais 54. 297 novos casos da pandemia e 1.170 mortos.

Perante dados ameaçadores a Guiné-Bissau não escapa da lista.

Placido Cardoso

Em conferência de imprensa hoje 19-04-2021, sobre ponto da situação epidemiológica da doença no país, os dados do alto comissário apontam que, na última semana, a Guiné-Bissau registou 32 novos casos, totalizando assim 3.712 números das pessoas infetadas, tendo como recuperados 3.140 pessoas e 498 casos continuam em ativos, mantendo-se os números dos óbitos em 66.

Durante a sua comunicação, o secretário do alto comissário, Plácido Cardoso mostrou-se preocupado com a propagação da doença no país, frisando que sector autónomo de Bissau é das zonas sanitárias com a maior número de pessoas infetadas registando até a data presente 3.177 casos confirmados desde o início da pandemia, seguida de Biombo com 150 e Bafafá com 111 casos da doença provocada pelo novo coronavírus.

No sector autónomo de Bissau, Bairro Militar, Antula, Badim, Praça e Cuntum registam o maior número da contaminação.

Segundo Plácido Cardoso setores da educação e saúde continuam a ser fontes da contaminação, tendo estudantes como grupo de maior risco da propagação da doença.

Perante essas realidades, o alto comissário para Covid-19 promete anunciar para breve a data do relançamento da campanha da vacinação contra covid-19, alargando-o para regiões do país nesta segunda vaga.

Questionado sobre os grupos alvos, o responsável adverte que, a sua instituição está trabalhar sobre o assunto para evitar as margens de erros verificados na primeira vaga.

A Guiné-Bissau conta com cerca de 32 mil doses da vacina AstraZeneca para fazer face a propagação da covid-19.

Entre os 32 doses 28 mil são da covax e os 4 mil doses são doadas pela República do Senegal.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: