António Guterres preocupado com crescente politização nos trabalhos jornalísticos

Secretário-geral das nações unidas, emitiu esta terça-feira 03/05/2022 mensagem de reconhecimento aos trabalhos dos profissionais de comunicação social e jornalistas, e dos riscos que estes enfrentam em exercício das suas funções.

Para Guterres, as ameaças a liberdade de imprensa aumentam todos os dias e enfrentam crescente politização no seu trabalho e tentativas de silêncio, por isso, afirma que sem liberdade de imprensa não há verdadeiras sociedades democráticas.

Ainda, destaca o trabalho de jornalistas que procuram transparência e responsabilidade mas muitas vezes correm grandes riscos. Assim sendo, assegurou que a ONU está a trabalhar para apoiar os jornalistas e profissionais da média em todos os lugares.

Por sua vez, António Guterres reconhece os desafios da tecnologia digital mas, alerta sobre seus riscos nas criações de novos canais para opressão e abusos.

“As jornalistas correm um risco particular do assédio e violência online, assim por outro lado segundo os dados da UNESCO, três em cada quatro profissionais entrevistadas sofreram violência online”.

Perante a situação, a organização das nações unidas apela aos governos, empresas de média e de tecnologia, em todo mundo para que apoiem todos esforços destes profissionais.

Relembrar que, há 10 anos, ONU estabeleceu um plano de ação para segurança dos jornalistas, para proteger os trabalhadores e acabar com impunidade dos crimes cometidos contra eles.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: