ANP: “papel dos deputados é servir interesse do povo e, não dos partidos”. Cipriano Cassama

Por: Ussumane Baldé

O presidente da assembleia nacional popular (ANP), Cipriano cassama afirmou, quinta-feira 04-11-2021, que os deputados da nação têm como papel de servir os interesses da população e não dos partidos políticos.

Cipriano Cassamá falava à imprensa a margem da abertura de novo ano legislativo da Guiné-Bissau a decorrer até 15 de Dezembro do ano em curso na qual disse que a casa do povo não pode ser amedrontado por ninguém e vai continuar fazer o que lhe compete e como consta na lei Magna do país.

“O deputado da nação tem que ter na mente o que servirá o interesse do seu público enquanto representante e por algumas declarações que acompanhamos sobre essa casa do povo, garanto que ninguém vai nos amedrontar”, explicou Cassama

E por parte das intervenções das deferentes bancadas que compõem o parlamento guinnense,Mamadu iaia Djaló do partido da nova democracia (PND), pediu que nova sessão, que as ações do governo seja fiscalizada e pôr fim as guerinhas das instituições do país.

União para mudança na voz do seu líder Agnelo Regala, críticou o papel da CEDEAO face a tão disputada revisão da constituição e pediu que se resolva problema dos antigos combatentes.

Para o PRS falou seu líder da bancada parlamentar Certorio Biote, garante que o desenvolvimento do país depende de todos guineenses, pediu consenso entre governo e a UNTG, mostrou-se preocupado com algumas declarações políticos que podem trazer instabilidade no país.

No campo da bancada MADEM G15 ,Abudo Mané, disse que só com diálogo franco que o país pode avançar e criticou alguns a atuação dos homens da comunicação social que segundo ele estão a contribuir para agudizar da instabilidade no país.

Califa Seide líder da bancada, PAIGC, Considera atual momento do país como de pior desde a proclamação da independência do país em 1973 e criticou a atitude do governo de desprezo total face a última celebração da independência da república. Por fim responsabizou deputados pela atual crise do país que na sua perspetiva negativamente validaram o programa do atual governo no país.

É de salientar que o partido da assembleia do povo unido (APU/PDGB) não foi representado e estava presentesm na ANP guinnense 87 deputados, com a ausênca notada de líder do PAIGC Domingos Simões Pereira,líder do MADEM G15 Braima Camara e do PRS Alberto Nambeia.

Esta sessão que inicia hoje tem vinte pontos do ordem do dia e termina no dia 15 do mês corrente.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: