ANP: maioria dos deputados ausentaram e a Sessão parlamentar suspensa

Por: Ussumane Baldé

A sessão da assembleia nacional popular (ANP) foi suspensa esta quarta-feira 10-11-2021, por falta do quórum dos deputados devido a ausência da maioria dos deputados que suportam o governo liderado por Nuno Gomes Nabiam.

A sessão de hoje contou apenas com a presença de 43 deputados das quais trinta e seis (36) pertencem a bancado do Partido Africano para Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), quatro da Assembleia do Povo Unido, Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU/PDGB), um do Movimento para Alternativa Democrata (MADEM G15) e, um da União para Mudança (UM), o facto que levou a vice-presidente da ANP Adja Satu Camará Pinto invocou segundo regimento que a plenária não não reúne número suficiente dos deputados para a sessão e ordenou a suspensão da seleção para amanhã 11 do mês corrente.

A sessão de hoje previa a discussão e votação do projeto do estatuto do antigos combatentes e apresentação, discussão e votação do projeto-lei de alteração do decreto- lei 1/86,de 15 de março que fixa o regime jurídico de apresentação dos antigos combatentes.

É de salientar que ontem os deputados votaram em unanimidade a proposta do aumento salarial aos antigos combatentes que no orçamento do ano 2022 consta 110.000 francos CFA por, para ano 2023, 130.000 francos CFA e 2024 serão pagos 150.000 francos CFA, com possibilidade de aumentar se caso o governo concordasse com um dos pontos que consta no caderno reivindicativo do UNTG aumento salário mínimo de 100.000 francos CFA na função pública guineense.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: