Ano judicial 22/23: Presidente Sissoco considera justiça pilar fundamental para desenvolvimento do país

Por: Martinho Mendes

O presidente da República Umaro Sissoco Embaló, afirmou esta quarta-feira, 16-03-2022, que a justiça constitui um pilar fundamental para desenvolvimento de qualquer Estado.

O chefe de Estado falava no Palácio da Justiça, na abertura solene do ano judicial 2022/2023, na qual disse que, os guineenses continuam a questionar sobre a justiça no País acrescentando que, os tribunais têm tentado vencer a “crônica” morosidade das decisões judiciais.

Embaló reconheceu alguns progressos registados na luta contra corrupção contudo admitiu que, o balanço que faz, é a luta contra corrupção e narcotráfico.

Presidente da república voltou a considerar de “criminoso e bárbaro” a tentativa de golpe de Estado de 1 de fevereiro último e exige a apuramento cabal e responsabilização dos seu atores.

“O objetivo da subversão da ordem constitucional era assassinar o presidente da república e provocar caos políticos e minar as expectativas do desenvolvimento que foram restaurados nos últimos dois anos” disse Embaló.

Um grupo de pessoas armados ainda não identificados, atacaram a sede do Governo em Bissau no dia 1 de fevereiro último quando decorria a reunião extraordinária de Conselho de ministros sob presidência do presidente da República Umaro Sissoco Embaló e membros do governo e que resultou em 11 mortos segundo o Governo.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: