ANAPROMED qualifica 2022 como pior ano para empregadas domésticas

Por: Ussumane Baldé

Bissau, 10/01/2023- A Associação Nacional de Proteção das Empregadas Domésticas considerou de “Negro” o ano 2022 por violações de Direitos Humanos que os seus associados foram alvos.

Numa conversa em exclusivo com a CAP-GB, o presidente da referida associação, Sene Bacai Cassama, sublinhou que em 2022 a sua organização registou mais de 2830 denúncias de violação de Direitos Humanos que as empregadas defrontaram com os “Patrões”, motivo pelo qual o qualificou de um ano negro.

“As empregadas domésticas não foram dado respeito que merecem, são alvos de violações contra seus Direitos e no ano passado recebemos 2830 denúncias em todo o Território nacional, foi o pior ano para nós” desabafou

O ativista defendeu cumprimento na íntegra da lei de proteção doméstica promulgado pelo Estado guineense e pede a justiça assumir sua responsabilidade enquanto autoridade competente, dada ausência no cumprimento dos artigos sobre proteção doméstica que foram promulgados, portanto, aproveita ocasião para exigir suas aplicações com vista a acabar com o fenómeno.

A Associação Nacional de Proteção das Empregadas Domésticas “ANAPROMED”, prevê para o ano novo 2023 trabalhar para o cumprimento das leis, criar parceria com a função pública na divulgação de um plano nacional sobre radiação de trabalho infantil acompanhada de uma campanha forte junto dos parceiros internacionais e fazer de tudo para que os seus vinte mil e dezoito membros a nível nacional obtenham cartão profissional.

Vale recordar que a Guiné-Bissau 3.549 casos de violência doméstica foram registadas de 2015 a 2021, entre os quais 608 casos de despedimento do trabalho que consideram por injusta causa, 307 de agressão física e 87 de assédio sexuais. 209 casos ainda dos 3.549 foram de tentativa de violação sexual, 20 de ofensas corporais e denúncia de 2.318 trabalhadores que não receberam seus salários a mais de 10 anos, dados revelados pelo Sene Bacai Cassama durante a jornada de divulgação sobre Direitos dos trabalhadores domésticos, no dia 29/10/2021.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: