Ambiente: Guiné-Bissau figura na lista dos países mais vulneráveis aos impactos da subida do nível da água do mar.

Os estudos ambientais indicam que, nos próximos oitenta anos a subida do nível da água do mar poderá afectar, cerca de duzentas e setenta e oito áreas das zonas protegidas em África.

Em comunicado, o Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos afirmam que costa africana estará em risco de ser fortemente afectadas pela subida do caudal da água do mar.

Ainda, de acordo com o centro a subida poderá atingir vinte e sete dos trinta e três países do continente africano.

Neste contexto, os investigadores advertem a necessidade de adoptar medidas para mitigar os efeitos da subida do nível do mar, como uma das consequências para alterações climáticas, resultantes das calotes polares da expansão térmica e oceânica.
Segundo, os dados, em catorze das áreas protegidas, cinquenta por centos delas correm risco de serem potencialmente inundadas.

O estudo indica ainda que, algumas das zonas ficam localizadas em países subdesenvolvidos, devido a escassez de recursos para conservação da natureza e dos recursos humanos especializados para fazer face aos impactos da subida do nível de água de mar, como é o caso da Guiné-Bissau e Mauritânia.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x