Afreximbank lança o MANSA, o repositório digital de due diligence em África, para atender as PME’s

O African Export-Import Bank (Afreximbank) lançou hoje oficialmente no Cairo as operações do “MANSA”, um quadro pan-africano de due diligence para instituições financeiras, empresas e PMEs, desenvolvido para fazer face ao risco perceptível de fazer negócios em e com África.

MANSA é uma fonte única de dados primários necessários para os Controlos de Devida Diligência do Cliente (CDD) e Know Your Customer (KYC) sobre entidades africanas, incluindo instituições financeiras, empresas e PMEs, de acordo com as melhores práticas.

A plataforma será também utilizada para abordar os principais desafios relacionados com o comércio que o continente enfrenta, incluindo a falta de informação de mercado, o elevado custo de fazer negócios em África e a descoberta de contrapartes africanas. O lançamento das operações MANSA foi anunciado num evento virtual organizado pelo Afreximbank sob a forma de uma mesa redonda envolvendo o Prof. Benedict Oramah, Presidente do Afreximbank; Ade Ayeyemi, CEO do Grupo Ecobank; Stefan Nalletamby, Director – Departamento de Desenvolvimento do Sector Financeiro do Banco Africano de Desenvolvimento; Dr. Naglaa Nozahie, Conselheiro do Governador, Assuntos Africanos, Banco Central do Egipto e Ing. Mansur Ahmed, Presidente, Associação de Fabricantes da Nigéria.

Falando no evento, o Professor Benedict Oramah afirmou: “Globalmente, os reguladores estão a endurecer a sua posição e a severidade das suas penas pelo não cumprimento das regras de cumprimento das diligências devidas aos clientes estabelecidas para prevenir vários crimes financeiros e actividades relacionadas. Isto aumentou significativamente o custo e a complexidade de satisfazer os requisitos de due diligence e Know Your Client. Criámos o MANSA como solução para o impacto negativo em África, tal como a redução do risco, a retirada das relações bancárias correspondentes e a redução dos fluxos financeiros comerciais e de investimento para África. Num continente fragmentado de 55 países que mal negociaram entre si desde que se tornaram colónias, MANSA oferece uma oportunidade para começar a baixar as fronteiras e apoiar os objectivos do Acordo de Comércio Livre Africano Continental (CAFTAf). A plataforma tem o nome de Mansa Musa, o imperador do Império Maliano nos anos 1300, que foi responsável pela abertura do comércio através de África e seria a única pessoa a controlar o fluxo de ouro entre a África e o Mediterrâneo. Nesta fase inicial de implementação, a MANSA está agora aberta às empresas africanas para integrar os seus perfis empresariais no repositório. Após um processo de integração e validação de acordo com os requisitos de conformidade da Plataforma, as entidades africanas terão os seus perfis listados e colocados à disposição dos utilizadores do repositório”.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x