Advogados de Domingos Simões Pereira: Não existe nenhum crime contra o nosso constituinte

O coletivo dos advogados do presidente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Cerde (PAIGC), na voz do seu porta-voz Sulaimane Cassamá afirmou está terça-feira 22 de Dezembro de 2020 que não existe nenhum crime contra o seu constituinte que na passada sexta-feira o
Procurador-geral da República Fernando Gomes emitiu um mandado de captura internacional.

A conferência de imprensa dos advogados do líder do PAIGC, realizada na sede nacional do partido em Bissau, visa esclarecer a opinião pública nacional e internacional sobre os contornos do referido mandato de captura internacional.

” Esperamos que o Procurador-Geral da República traga ao público todas provas ou documentos que justifique a sua acusação contra Domingos Simões Pereira” Disse

Cassamá disse estranhar a nomeação de Fernando Gomes ao cargo de procurador-geral da República, um vez que segundo ele, o mesmo é acusado de crime económico, ou seja, desvio de cerca de 800 milhões de francos cfa, montante destinado para pensão dos antigos combatentes.

Na mesma conferência de imprensa, a vice-presidente dos libertadores e o Presidente da Juventude do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (JAAC), Odete Costa Semedo e Dionísio Pereira, respectivamente, foram unânimes em afirmar que o procurador-geral da república deve demitir-se das suas funções justificando que o mesmo está a colocar em causa a imagem do país.

Comentarios
estámos no facebook

cap gb o amanha começa aqui

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Ligue-nos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x