Advogado de Bubo Na Tchuto acredita que o processo do seu constituinte vai ser arquivado.

O advogado do contra-almirante José Américo Bobo Na Tchuto, acusado de alegada movimentação duvidosa de dinheiro, o que lhe constituiu suspeito de branqueamento de capital, disse esta quinta-feira, 18 de Março de 2021, acreditar que o processo em cause que envolve o seu constituinte vai ser arquivado.

“Ajudamos o ministério público para repor os factos que nós pensamos que indubitavelmente o ministério público desconhece e acreditamos que os mesmos vão ajudar para que o nosso constituinte seja ilibado da situação”, assegurou.

Marcelino Intupe, falava a imprensa depois de mais de duas horas de audição do antigo chefe de Estado Maior da Armada, contra-almirante, José Américo Bubo Na Tchuto, no gabinete de luta contra corrupção e delito econômico do Ministério Público guineense, que na semana passada começou a ser ouvido sobre suspeito de branqueamento de capital e fraude fiscal.

Reagindo sobre as referidas acusações, o advogado, é da opinião que não se pode pensar que branqueamento de capital é um crime autónomo.

“Como vocês sabem, branqueamento de capital e fraude fiscal são crimes, não podemos pensar que o branqueamento de capital é um crime autónomo. Ministério Público devia saber e mostrar qual é a atividade ilícita que o nosso constituinte praticou”, afirmou o defensor.

“Mostramos ao Ministério Público elementos interessantes que pode o ajudar para não continuar com a figura de branqueamento de capital”, acrescentou.

Na passada quinta-feira, 11 de Março em curso, por motivos de saúde, foi suspensa a audição do antigo chefe de Estado Maior da Armada. No mesmo dia, o advogado de Contra-almirante Bubo Na Tchuto, revelou que as instituições (direção-geral das Alfândegas, do Tesouro e do Fundo), são as que fizeram denúncias contra o seu constituinte.

Recorde-se que Na Tchuto de 71 anos, regressou ao país em 2016, isto depois da sua prisão e condenação nos Estados Unidos da América, num processo relacionado com Tráfico Internacional de Drogas.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: