A França trabalha na destribuição 10 milhões de doses de vacinas em África

Os Estados-membros da União Africana receberão mais 10 milhões de doses de vacina AstraZeneca e Pfizer COVID-19 durante os próximos três meses graças a uma nova parceria entre o governo francês e a União Africana. As vacinas serão atribuídas e distribuídas através da iniciativa do African Vaccine Acquisition Trust (AVAT) e do COVID-19 Global Access Vaccine Facility (COVAX).

A iniciativa AVAT é um mecanismo de aquisição conjunta que permite aos Estados membros da União Africana adquirir vacinas suficientes para satisfazer pelo menos 50% das suas necessidades. A iniciativa trabalha em estreita colaboração com o mecanismo COVAX, que está a trabalhar para fornecer os restantes 50% através de doações.

A iniciativa AVAT é liderada em nome dos Estados membros da União Africana pelos Centros Africanos de Controlo e Prevenção de Doenças, a Comissão Económica das Nações Unidas para África (UNECA), e o Banco Africano de Exportação-Importação (Afreximbank), que fornece os fundos para a compra das vacinas.

Já foi adquirida vacina suficiente no âmbito desta iniciativa para permitir aos países africanos vacinarem 400 milhões de pessoas, ou um terço da população africana, até Setembro do próximo ano, a um custo de 3 mil milhões de dólares, apoiado por uma parceria inovadora com o Banco Mundial. Desde o início da pandemia, o Presidente francês Emmanuel Macron tem sido um forte defensor do acesso equitativo às vacinas em África e foi o primeiro líder a acolher e reconhecer os esforços dos Estados membros da União Africana para implementar iniciativas como a AVAT.

Reuniu-se várias vezes com líderes da União Africana e visitou também a África do Sul, onde a filial francesa da agência de desenvolvimento Proparco está a ajudar a expandir as maiores instalações de produção de vacinas de África.

A França também contribuirá para a plataforma apoiada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a transferência de tecnologia de vacina de ARN de mensageiro para o continente africano.

O governo francês é também um forte defensor da partilha de vacinas na luta contra a COVID-19 para acelerar a cobertura global de vacinas e garantir o acesso a uma imunização segura e eficaz contra o vírus.

Em Abril último, a França foi o primeiro país a partilhar doses de vacina sob o mecanismo COVAX, uma iniciativa global de vacinação liderada pela Coalition for Innovations in Epidemic Preparedness (CEPI), a Aliança GAVI, a OMS e a UNICEF.

Através da sua nova parceria com a iniciativa AVAT, o governo francês reforçará ainda mais estes esforços e fará progressos no sentido do seu compromisso de partilhar pelo menos 60 milhões de doses de vacinas até ao final de 2021. Cyril Ramaphosa, Presidente da República da África do Sul e Campeão da luta da União Africana contra a COVID-19 disse:

“A doação pela República Francesa de 10 milhões de doses da vacina COVID-19 ao continente africano é um gesto forte e bem-vindo de solidariedade humana e cooperação política, numa altura em que o mundo mais precisa dela.

Uma África mais segura e saudável é uma condição essencial para que o mesmo aconteça no mundo em geral. Felicito o Presidente Macron, o governo e o povo de França por esta importante contribuição para a luta do nosso continente contra a doença e contra a triste mas não inevitável realidade do acesso desigual às vacinas em muitas partes do mundo, particularmente em África”.

Emmanuel Macron, Presidente da República Francesa, afirmou: “A pandemia só pode ser superada através de uma intensa cooperação entre actores multilaterais, regionais e nacionais. Quero que actuemos em conjunto, aproveitando a perícia e legitimidade política dos líderes africanos e desenvolvendo a nossa forte parceria com a União Africana. Dez milhões de doses de vacinas AstraZeneca e Pfizer serão portanto doadas pela França à União Africana, que as distribuirá em coordenação com o mecanismo COVAX. Isto ilustra a minha determinação, como Presidente da República Francesa, de estar ao lado dos povos de África, para que possamos estar juntos contra a pandemia.

Com/ financial afrik

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: