20 de janeiro: “nenhum partido político deve substituir o estado nos atos reservados a ele” Sissoco Embaló

Por: Ussumane Baldé

Bissau, 20/01/2023.

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embalo, preside, esta sexta-feira, na fortaleza de Amura, o ato central que assinala os 50 anos da morte de Amílcar Cabral.

O Presidente da República garantiu que o estado doravante assumirá “por completo” as realizações e comemorações dos atos solenes e outras datas históricas.

A afirmação de Umaro Sissoco Embaló foram registradas esta sexta-feira na fortaleza de Amura no ato de deposição de coroas de flores no mausoléu de Amílcar Cabral em Amura alusivo a celebração do dia dos heróis nacionais, afirmando que o efeméride é exclusivamente reservada ao estado guineense e não por organizações privadas, individuais ou partidárias.

“Há desordem no país face à celebração do dia de hoje, o estado vai assumir seu papel”, evocou chefe de estado, adiantando que doravante “nenhum partido político que seja vai tomar lugar nos atos reservados ao estado guineense”, sustentou PR.

Ainda, o chefe de estado, comentou os casos de violências baseado em gênero ultimamente, ilustrando casos de agressões que as mulheres e crianças são alvos, assim como assunto da atualidade “corte de pênis”.

Presidente Embaló, mostrou-se indignado com a situação que está a ganhar força na sociedade guineense, lá vão em menos de um ano dois homens foram cortados sexos por suas respetivas companheiras.

“Não é normal aceitar aquilo que últimos tempos está a ganhar força no país, quando há discordância no namoro, o sensato é, se separar em vez de agressões que até pode causar morte não é normal num país como nosso”.

Por outro lado, deixou apelo aos políticos, para se absterem de discursos com pendores tribalistas tendo frisado que atitudes assim nao ajudam na edificação da sociedade guineense como foi arquitetada pelo fundador da nação Amilcar Lopes Cabral.

O país celebrou hoje o 50° aniversário após a morte do herói da luta de libertação da Guiné-Bissau e Cabo-Verde, Amílcar Lopes Cabral nascido em 12 de Setembro de 1924 assassinado em Conacri no 20 de Janeiro de ano 1973 por um grupo de pessoas.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: