1500 técnicos de saúde novos ingresso estão há dez meses sem salário


Por: Cintia Ross Dayves

Coletivos dos técnicos recem colocados estão a exigir 10 meses de pagamento salarial.

Em conferência de imprensa esta segunda-feira em mais uma ação da manifestação do desagrado, na sede da UNTG o porta voz do coletivo Intchasso deu uma semana ao governo para resolver problemas de todos os novos ingresso outros com 9 meses e outros com 15 meses.

Por outro lado Dencio Florentino Ié um dos membros dos técnicos pediu a policia judiciaria de se informar para saber como é que os técnicos da saúde conseguem chegar ao hospital antes os retalharem, ainda prosseguiu que nao juram matar pessoas mais pelo contrario as salvar.

“Quando recebemos diplomas não juramos que vamos matar a mais sim para salvar vidas, mas também nossas vidas e as das nossas familias conta”.

Por ultimo Malam Home Indjai porta voz da comissão Negocial da UNTG afirmou que a marcha do dia 17 vai ser realizado e pediu a participação dos trabalhadores guineense e do povo numa marcha pacífica pela UNTG.

Autor: CAP-GB

Partilhe este artigo

cap gb o amanha começa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva email noticias cap-gb

capgb info email seja assinante: